3 de fev de 2013

Série "De Férias Na Copa: São Paulo" - Parte 2



Como prometido, aqui está a segunda parte da série "De Férias Na Copa: São Paulo". Se você perdeu a primeira parte é só clicar aqui para ler.

Hoje irei falar sobre mobilidade na maior cidade da América Latina.

São paulo possui mais de 33 mil taxis (Revista Taxi!, nº 09), quase 15 mil ônibus de transporte público urbano local (SPTrans, 2012), 74,3 km de linhas de metrô, com 5 linhas e 64 estações (Metrô, 2012), e 258,6 km de linhas de trem, com 89 estações (CPTM, 2012).

São números significativos. Mas nem todos esses tipos de transporte funcionam como deveriam a todo tempo. Então, é bom você conhecer um pouquinho de cada antes de se aventurar em cada um.


Bilhete Único

Lançado em 2004, o bilhete único é a melhor forma de se pagar por transporte na cidade de São Paulo. É mais seguro, pois evita que se use dinheiro na compra da passagem, e é mais em conta, pois o valor de integração entre os tipos de transporte público é mais barato (por exemplo, se você estiver em um ônibus e precisar pegar um metrô em seguida, não precisará pagar a tarifa cheia do metrô, apenas uma tarifa de integração). Ele é aceito em toda a malha de ônibus, metrô e trens da cidade. Saiba onde comprar e como utilizar no site da SPTrans clicando aqui.

Ônibus

É o meio mais comum de transporte coletivo da cidade, utilizado em cerca de 28% dos deslocamentos diários, atrás apenas dos deslocamentos feitos a pé. E é o único que atinge algumas localidades. Sua integração com linhas de metrô e trem é grande. E por causa do bilhete único, você não precisa pagar tarifa cheia quando muda de um ônibus para um metrô, por exemplo. Isso estimula o transporte multi-modal. Aqui você obtém mais informações sobre terminais, paradas e corredores de ônibus da cidade. Existe um aplicativo para smartphone chamado BusãoSP (Android e iOS) que ajuda a você localizar os pontos de ônibus próximos à você e os respectivos ônibus que passam por ele, além de dar a localização dos ônibus que passam naquele determinado ponto.

Metrô

É o jeito mais rápido de se movimentar pela cidade (sem ser em horário de pico). Apesar de seu tamanho modesto em relação ao porte da cidade, o metrô de São Paulo atinge regiões de grande movimento. Possui grande interligação com terminais de ônibus e estações de trens, como parte do plano multi-modal. O metrô de São Paulo está entre os melhores do mundo, possuindo certificações ISO 9001, ISO 14001 e ISO 18001. Estações e trens estão sempre bem cuidados e limpos, contando sempre com funcionários e seguranças por perto. No smartphone, existe o SP Trilhos (para Android) com informações sobre o Metrô e sobre trens da CPTM (ver abaixo). Mais sobre o metrô aqui.

Trens

Atinge 22 dos municípios que compõem a Grande São Paulo (região metropolitana da cidade). Teve sua malha modernizada a partir de 1995, para se adequar ao padrão de qualidade e sinalização do Metrô, visando facilitar a locomoção dos usuários e de turistas. Suas linhas cortam toda a cidade, sendo o único meio as vezes para se atingir grandes distâncias, como outras cidades da metrópole. Em geral sua qualidade melhorou muito nos últimos anos e hoje faz parte da grade multi-modal de transportes públicos da cidade. No smartphone, existe o SP Trilhos (para Android) com informações sobre o Metrô e sobre trens da CPTM. Mais sobre a malha ferroviária da cidade aqui.

Taxi

As vezes, por praticidade ou por falta de tempo, é melhor pegar um taxi. A frota de São Paulo é enorme, o que facilita na hora de se encontrar um taxi quando necessário. Há uma defasagem na quantidade de taxis por habitante em São Paulo (a média na capital é de um táxi para cada 344 habitantes, enquanto no Rio de Janeiro a média é de um para cada 198 habitantes), porém já existe a notícia de que a Prefeitura de São paulo está emitindo alvarás para 1.200 novos taxis, incluindo até taxis híbridos. No geral, os taxis são carros novos e bem conservados, o que ajuda a tornar a experiência mais agradável. Os motoristas são carismáticos e, mesmo não falando outros idiomas, sabem se virar pra entender o destino. Pelo site Tarifa de Taxi você pode prever o gasto que terá fazendo seu percurso. Pro smartphone, você pode instalar o aplicativo 99Taxis, que é uma mão na roda na hora que você precisa de um taxi mas não conhece a região. Outros aplicativos que ajudam nesta tarefa: Moove Taxi e Easy Taxy. Todos disponíveis para Android e iOS.

Traçando a Rota

Hoje você consegue facilmente calcular sua rota pelo transporte público de São Paulo. Integrado totalmente ao Google Maps, o serviço de informações da SPTrans permite que você utilize o serviço do Google para verificar sua rota a té seu destino. Nele são mostrados pontos de ônibus, estações de metrô e de trem, e sua rota leva em consideração todas essas opções. Aqui tem um exemplo da rota do Aeroporto de Guarulhos até a Avenida Paulista utilizando somente transporte público.

Para saber um pouco sobre como anda o trânsito em São Paulo, você pode instalar em seu smartphone o aplicativo MapLink Trânsito (Android e iOS). Se você for pensar em dirigir por aqui, o conselho que dou é se atente ao trânsito. Você também pode ver a situação das ruas e avenidas de São Paulo através do Google Maps, marcando a opção "Tráfego" no menu suspenso à direita da tela.

Fontes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário