15 de jan de 2013

Série "De Férias Na Copa: São Paulo" - Parte 1

Bem amigos do Lone Programmer!

Bem vindos a mais este post! É Copa do Mundo! É futebol! É o maior evento do esporte mundial! Com tudo isso em mente, esta série irá tratar de apresentar uma das principais sedes deste evento: São Paulo.

Acredito que muitos brasileiros que ainda não conhecem São Paulo passarão por aqui durante a Copa do Mundo. Assim, como ainda temos tempo, quero falar um pouco sobre o que essas pessoas irão encontrar nessa cidade fantástica.




São Paulo, A Capital Cosmopolita

São Paulo, capital do estado homônimo, é a maior cidade do Brasil, com 11.253.503 habitantes (IBGE, 2010). É também a cidade com a maior frota de veículos do País, com 6.795.228 unidades (DENATRAN, 2012), e a maior frota de helicópteros do mundo (Bandnews, 2012). Ou seja, uma enorme cidade, com números impressionantes. Ah, e São Paulo também possui mais de seis mil pizzarias (perde apenas para Nova York), onde são consumidas cerca de um milhão de pizzas POR DIA (SpressoSP, 2012). Sabia?

São Paulo também é conhecida como a capital cosmopolita, devido ao recebimento, ao longo de sua história, de vários imigrantes de diversas nações. Imigrantes árabes, italianos, portugueses, entre tantos. São Paulo possui a maior colônia japonesa do mundo fora do Japão. É só andar pelas ruas da cidade que verá isso tudo nos rostos do povo paulistano.

Mas vamos ao que interessa. O estádio da Copa!

A Arena Corinthians

A FIFA escolheu o estádio do Corinthians para sediar os jogos da Copa do Mundo em São Paulo, e também para sediar o jogo de abertura do evento. O estádio está em construção, com 60% dos trabalhos já completados, e previsão de abertura para o final do ano de 2013.
A Arena Corinthians está localizada no bairro de Itaquera, na Zona Oeste da cidade, ao lado da estação Corinthians-Itaquera do metrô e da CPTM. Estima-se que 82% dos torcedores usarão o transporte público coletivo para chegar ao local. O estádio terá capacidade para até 68.000 espectadores, sendo 20.000 em arquibancadas temporárias, para que pudesse atingir a exigência da FIFA de lugares mínimos para sediar o jogo de abertura (65.000 lugares).

Aguarde os próximos post para conhecer mais sobre essa cidade e aproveitar sua passagem por aqui.

Atualização

O segundo artigo da série já está disponível aqui.