24 de jan de 2013

E o Mega chegou!

Agora é só MEGA!
Ele voltou! Um dos mais controversos sites de compartilhamento está de volta, e agora anabolizado!

Nota: para quem ainda não leu, aqui vai o link para o post anterior do The Lone Programmer sobre armazenamento na nuvem: clique aqui!

Você já pode acessar o novo serviço de Kim Dotcom (na verdade o nome dele é Kim Schmitz) pelo endereço mega.co.nz. O serviço segue a mesma premissa de seu antecessor, o Megaupload, só que renovado, com espaço de sobre e, pasmem, criptografia de conteúdo.

Criando uma conta no Mega você tem direito a 50 gb de espaço em disco pra gravar o que quiser. Sua interface de gerenciamento de arquivos é bem intuitiva e simples e está disponível em vários idiomas (incluindo o português).

Agora seu conteúdo armazenado no Mega é totalmente criptografado. Esse foi um dos pontos que mais chamaram atenção no lançamento do serviço. Todo o conteúdo enviado ao Mega é criptografado utilizando o algorítimo AES, não permitindo ao Mega saber o que você está enviando a ele. Isso pode vir a ser um baque para a turma dos direitos autorais. Vamos aguardar pra ver. Porém, pode-se conseguir segurança semelhante em outros serviços de armazenamento na nuvem utilizando-se de ferramentas como o TrueCrypt e o Cloudfogger. Só dá um pouco mais de trabalho.

O Mega ainda é um serviço muito novo e carece de alguns recursos que seus concorrentes já possuem, como uma ferramenta de sincronização de arquivos e a funcionalidade de versionamento dos arquivos publicados. Acredito que em breve deveremos ter novidades nessa área, mas isso o tira dos serviços de primeira linha neste momento.

Vale a pena acompanhar os próximos passos da nova empreitada do Kim Dotcom. Diz ele que não vai parar por aí, que em breve teremos notícias do outro serviço anunciado: o MegaMovie!

ATUALIZAÇÃO: Parece que o site do Mega está fora do ar. Há relatos pela internet de pessoas tendo dificuldades em acessar o site, outras relatando instabilidade do serviço. Parece que Kim terá um pouco mais de trabalho do que havia previsto neste recomeço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário