31 de jan de 2013

Mantendo seus dados seguros na nuvem


Um dos principais argumentos que as pessoas usam para não colocarem seus arquivos na nuvem é a segurança. Todo mundo quer comodidade, mas nem sempre é bom abrir mão da sua privacidade para isso. Principalmente para dados sensíveis, como documentos, dados médicos, propriedades intelectuais, etc.

Quando você salva seus arquivos nesses serviços, somente você tem o acesso á eles, pois somente você possui a senha. Porém, ao concordar com os termos do serviço no momento do cadastro, na maioria dos casos você permite que o operador do serviço tenha acesso as suas informações. Assim, ele poderá ver quais arquivos você tem, o conteúdo deles e até utilizá-los para "melhorar o serviço" que oferece. Acredite no que quiser!

Com isso em mente, colocarei aqui algumas dicas de como se proteger e proteger seus arquivos na nuvem, sem abrir mão da praticidade que este serviço oferece.

Abaixo segue uma receita de bolo de como utilizar o armazenamento na nuvem de forma segura e prática, mantendo a portabilidade e acessibilidade dos seus arquivos com toda a segurança possível. A solução abaixo é para ambientes Windows, Mac e mobile (iOS e Android). Futuramente irei escrever outro artigo sobre uma solução para Linux.

24 de jan de 2013

E o Mega chegou!

Agora é só MEGA!
Ele voltou! Um dos mais controversos sites de compartilhamento está de volta, e agora anabolizado!

Nota: para quem ainda não leu, aqui vai o link para o post anterior do The Lone Programmer sobre armazenamento na nuvem: clique aqui!

Você já pode acessar o novo serviço de Kim Dotcom (na verdade o nome dele é Kim Schmitz) pelo endereço mega.co.nz. O serviço segue a mesma premissa de seu antecessor, o Megaupload, só que renovado, com espaço de sobre e, pasmem, criptografia de conteúdo.

Criando uma conta no Mega você tem direito a 50 gb de espaço em disco pra gravar o que quiser. Sua interface de gerenciamento de arquivos é bem intuitiva e simples e está disponível em vários idiomas (incluindo o português).

Agora seu conteúdo armazenado no Mega é totalmente criptografado. Esse foi um dos pontos que mais chamaram atenção no lançamento do serviço. Todo o conteúdo enviado ao Mega é criptografado utilizando o algorítimo AES, não permitindo ao Mega saber o que você está enviando a ele. Isso pode vir a ser um baque para a turma dos direitos autorais. Vamos aguardar pra ver. Porém, pode-se conseguir segurança semelhante em outros serviços de armazenamento na nuvem utilizando-se de ferramentas como o TrueCrypt e o Cloudfogger. Só dá um pouco mais de trabalho.

O Mega ainda é um serviço muito novo e carece de alguns recursos que seus concorrentes já possuem, como uma ferramenta de sincronização de arquivos e a funcionalidade de versionamento dos arquivos publicados. Acredito que em breve deveremos ter novidades nessa área, mas isso o tira dos serviços de primeira linha neste momento.

Vale a pena acompanhar os próximos passos da nova empreitada do Kim Dotcom. Diz ele que não vai parar por aí, que em breve teremos notícias do outro serviço anunciado: o MegaMovie!

ATUALIZAÇÃO: Parece que o site do Mega está fora do ar. Há relatos pela internet de pessoas tendo dificuldades em acessar o site, outras relatando instabilidade do serviço. Parece que Kim terá um pouco mais de trabalho do que havia previsto neste recomeço.

21 de jan de 2013

Nuvem já é opção viável para seus backups


Até bem pouco tempo atrás para tentar garantir a segurança dos seus dados você tinha que gravá-los em algum tipo de mídia física, como disquetes (!!!), CDs, DVDs e, mais recentemente, BluRays, pendrives e HDs externos. Porém, coma  evuloção da internet e suas velocidades cada vez maiores e seus preços mais acessíveis (discutível), gravar suas informações na nuvem está se tornando uma opção mais viável e "segura".

Posteriormente discutiremos a questão da segurança. Agora quero apresentar para vocês os serviços de cloud storage mais conhecidos. São eles Skydrive, Dropbox, Google Drive, Box, MediaFire e  Ubuntu One.

17 de jan de 2013

Trailer: Oblivion


Tom Cruise se prepara para estrelar o novo filme de ficção intitulado "Oblivion". 

MediaFire oferece 50 gb grátis na nuvem



Dica pros amigos que andam perdendo muitos arquivos por falta de backup, como eu.

O MediaFire está dando 50 gb DE GRAÇA para quem se cadastrar em seu site, tanto pela web, quanto pelos seus aplicativos mobile (Android, IOs). Dá pra salvar arquivos, ouvir música via streaming, compartilhar arquivos com amigos e mais algumas coisas.

Porém, como tudo que é de graça, existem algumas limitações.

O aplicativo do MediaFire não funciona da mesma maneira que o de seus concorrentes, como Skydrive e Dropbox, ou seja, ele não sincroniza arquivos de uma pasta em seu dispositivo com a nuvem. Basicamente você tem que fazer o upload de tudo que quer e este conteúdo será acessível pelo site ou nos aplicativos. É, de graça não dá pra exigir muito. Questionados, a equipe do MediaFire disse que a funcionalidade de sincronização de arquivos será disponibilizada num futuro próximo, mas sem maiores informações. Nos resta esperar.

De qualquer maneira, é uma ótima opção para guardar seus documentos na nuvem, a salvo de qualquer problema com HDs e CDs. Vale a pena!

Fonte: Olhar Digital, CNET

15 de jan de 2013

Série "De Férias Na Copa: São Paulo" - Parte 1

Bem amigos do Lone Programmer!

Bem vindos a mais este post! É Copa do Mundo! É futebol! É o maior evento do esporte mundial! Com tudo isso em mente, esta série irá tratar de apresentar uma das principais sedes deste evento: São Paulo.

Acredito que muitos brasileiros que ainda não conhecem São Paulo passarão por aqui durante a Copa do Mundo. Assim, como ainda temos tempo, quero falar um pouco sobre o que essas pessoas irão encontrar nessa cidade fantástica.



8 de jan de 2013

Dica de filme: Midnight in Paris (Meia-noite em Paris)

Owen Wilson em "Midnight in Paris"
Aí vai uma dica de filme para seu próximo DSR (descanso semanal remunerado): Midnight in Paris, ou, Meia-noite em Paris, último filme escrito e dirigido por Woody Allen. Abaixo a sinopse do filme:
Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e sonhou ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que fez com que fosse muito bem remunerado, mas que também lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido.
Eu assisti esse filme no último final de semana, mas confesso que não foi minha primeira opção. Eu tava lá, de boa com a patroa, querendo assistir alguma, e decidi que ia colocar um filme mais "água com açúcar" pra curtirmos juntos. Já estava com esse filme na agulha há algum tempo, então resolvi tirar a poeira e dar o play. E ainda bem que fiz isso.

A patroa dormiu na metade do filme e eu que continuei na expectativa para curtir as, digamos, "aventuras" do protagonista para se encontrar e encontrar seu destino. É um roteiro muito interessante, sem falar nas belas paisagens de Paris, em variadas épocas. A vontade de Gil (o protagonista, interpretado por Owen Wilson) de ficar em Paris e se desenvolver como escritor vai de encontro com a vontade de sua noiva, que quer se casar e morar na Califórnia. Com esse contexto, Gil começa a se deparar com acontecimentos que o fazem refletir sobre o que realmente quer da vida. É a trajetória dessa trama te prende, querendo saber a que conclusão ele irá chegar.

Bom, contar mais que isso entregaria os acontecimentos do filme. Assim, sem spoilers, recomendo fortemente que inclua este título em sua lista de filmes à assistir. valerá a pena!

4 de jan de 2013

Windows XP Mode no Windows 8 Pro

Windows XP Mode no Windows 8 Pro


Quem já pesquisou sobre o assuntou já descobriu que o suporte oficial da Microsoft para o Windows XP Mode vale somente para o Windows 7 e que, se você possui Windows 8, está meio carente quanto ao uso do Windows XP.

Porém nossos amigos do Lifehacker conseguiram uma gambiarra alternativa para esse problema.